Tag Archives: ração

Falta de apetite?

Fazer uma refeição saborosa é importante para que os cães recebam os nutrientes necessários para manter o corpo saudável. No entanto, apesar dos benefícios, muitos donos reclamam que, frequentemente, veem os potes de comida de seus cachorros cheios de ração. Eles se queixam de que os pets parecem não ter apetite e que não sabem o que fazer para resolver a situação.

Falta de apetite nos cães pode ser causada por virosesInicialmente, é preciso levar o cãozinho para uma consulta veterinária e, assim, entender o que está causando o problema. “A falta de apetite nos animais deve sempre ser investigada. Pode ocorrer por causa de estresse, mas na maioria das vezes, está associada a algumas patologias”, diz a veterinária Clarissa Galvão.

Doenças virais, como cinomose, coronavirose e parvovirose, estão entre as principais patologias capazes de tirar o apetite do cão. Mas, existem ainda outros problemas de saúde que provocam o mesmo efeito, como doenças hepáticas, doenças gástricas, intoxicações alimentares e até algo mais simples como a dor de dente.

Os cachorros não devem ser forçados a comer

No entanto, se nenhuma doença for detectada e não houver perda de peso, sua melhor opção é colocar a ração no pote e deixar o cachorro se alimentar quando estiver com fome. Forçar o cão a comer não adianta, já que eles só comem quando têm vontade. Esta atitude, aliás, pode prejudicar a alimentação do seu pet, facilitando o desenvolvimento da obesidade.

Deixar a hora da refeição mais divertida, fazendo com que o cãozinho se esforce para ganhar a ração por meio de brincadeiras, é uma possível solução para o problema, uma vez que batalhar pela comida está em sua genética. “Existem estimulantes de apetite, maneiras de tornar o alimento mais palatável e, em último caso, a indicação é a colocação de sondas de alimentação”, completa Clarissa.

Dra. Clarissa Galvão é médica veterinária, especialista em Clínica Geral e Nutrologia e atende no Rio de Janeiro. CRMV-RJ: 9996

*As informações apresentadas no artigo foram desenvolvidas com base nas respostas fornecidas pela veterinária Clarissa Galvão à redação. Caso seu cão apresente qualquer sintoma ou comportamento incomum, procure um veterinário.

Quantas vezes por dia você deve dar ração para o seu Bulldog.

DSC_0848

Zeca – Sabrina Matozzo

A maioria dos especialistas recomenda alimentar seu cachorro duas vezes por dia – uma vez pela manhã e uma vez à noite – embora o ideal é que um filhote de 2 meses se alimente 4 vezes por dia, a partir dos 4 meses passa pra 3 vezes por dia e depois dos 8 meses ele pode comer 2 vezes por dia ou de acordo com a recomendação do veterinário. A quantidade diária recomendada depende do porte, da idade e da qualidade da ração. Normalmente uma ração super premium requer menos quantidade do que uma ração normal. Veja sempre a quantidade recomendada na embalagem da ração. A frequência da ração é importante pra evitar a hipoglicemia. Veja aqui sobre hipoglicemia em filhotes e hipoglicemia em adultos.
Enquanto a maioria dos cães já saia cavando no momento em que você colocar a tigela no chão, você pode achar que seu cão é um comedor fresco, pelo menos no começo. Afinal, ele foi colocado em uma nova casa com novas pessoas, e pode estar nervoso demais pra comer. Se esse for o caso, você precisará ensiná-lo a comer dentro de uma programação.

Save

Deixe a tigela no chão por dez minutos depois tire, mesmo que ele não tenha comido. (Se seu cão come devagar, esse período pode ser aumentado para vinte minutos, mas apenas se ele ainda estiver comendo durante esse tempo, e não tenha ido atrás de outra distração.)

No horário da próxima refeição, coloque a tigela no chão, novamente por dez minutos. Em pouco tempo ele vai aprender a comer a refeição oferecida.

 

Horários de alimentação regulares não apenas estabelecem uma rotina, como também permitem que você monitore a saúde do seu cachorro. Se ele comer aos poucos ao longo do dia, você não vai perceber se ele está comendo bem. Mas se normalmente ele come com vontade no momento em que você coloca a tigela no chão, você notará se houver perda de apetite, o que normalmente indica que ele não se sente bem. Se o apetite do seu cão não melhorar em alguns dias, leve ao veterinário. Por isso sempre recomendamos a não deixar a ração disponível.

Outro benefício dessa programação é que um cão com horário para comer também manterá um horário para fazer suas necessidades. Além disso, se você mora em uma área urbana, deixar uma tigela com ração no chão ao longo do dia pode atrair visitantes indesejados, como insetos e ratos. Do ponto de vista psicológico, oferecer a ração apenas na hora certa ajuda o cão a entender que você é o líder, você é o provedor do alimento dele, e isso o ajuda a te respeitar. Manter a regularidade das refeições é uma vantagem para todos.

Colaboradora Eduarda Volpatto - Bulldog Club e Bullblog

Colaboradora Eduarda Volpatto – Bulldog Club e Bullblog

Rações

As melhores marcas do mercado e as mais recomendadas para nossos bulldogs de acordo com a saúde de cada um. Colaborem com o tópico contando quais as rações seu bull já comeu, como cada uma funcionou para ele, e caso tenham alguma nova indicação nos fale, por favor.

%d blogueiros gostam disto: