MINI BULLDOG? EXISTE?

A resposta única e definitiva para esta pergunta é NÃO !!!

Esta nomenclatura é utilizada com a intenção de tentar confundir possíveis compradores, dando a ilusão de que estarão levando para casa um eterno bebe.
O exemplo mais comum desta enganação são cães da raça Pinscher, onde alguns “criadores”. em uma jogada de puro marketing  passaram a utilizar numeração para os cães. Quem já não viu um anuncio de Pinscher número zero, 1, 2, 3 …..??
Para os Pinschers  existe uma altura mínima e uma máxima,e estando fora destas medidas são cães considerados fora do padrão, portanto nem deveriam ser reproduzidos.
Outra raça que podemos ter como exemplo são os Schnauzers, estes sim tem 3 padrões diferentes (miniatura, standart e o gigante) . Note que apesar do nome Schnauzer, são 3 padrões diferentes e jamais devem ser reproduzidos entre si.  A grosso modo, podemos considerar 3 raças diferentes , cada uma com sua função , mas com características físicas gerais muito semelhantes, e por isto compartilham o mesmo nome (Schnauzers). Um Schnauzer miniatura que passou do tamanho correto , não passa a ser um Schnauzer Standart, ele continuara sendo um miniatura fora do padrão!!
Para nossos queridos Bulldogs o que diz o padrão? Primeiramente o padrão é único, não existe mini ,standart ou gigante como nos Schnauzers.
Fêmeas devem pesar até 23Kg.
Machos devem pesar até 25kg .
No padrão do bulldog não é mencionado tolerância em relação a peso tanto pra mais quanto para menos. Existem sim as variações em relação a peso, por exemplo:
Fêmeas de 18, 19kg e fêmeas de 25 ,26kg. Estas  fêmeas de 18kg podem ser consideradas mini? E as de 26kg gigante?
NÃO !! São apenas variações de peso toleradas dentro do padrão.
A nomenclatura Bulldog mini tem única finalidade comercial, para tentar ludibriar os incautos  que ainda não conhecem como deve ser um bulldog correto!
Batemos muito na tecla Padrão da raça, pois quando a maioria das pessoas e principalmente CRIADORES, entenderem a relação de PADRÃO = SAÚDE, começaremos a ver nossos gordinhos com uma melhor qualidade de vida, e muito menos pedidos de ajuda em grupos nas redes sociais.

Via Vanius Bergamaschi e Rafaela Ramos.

Canil Império do Eldorado

Eduarda Volpatto – Criadora de conteúdo Bullblog e Bulldog Club

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *