A Despedida de um Cão.

200618_109765382437155_6992656_n

Neste momento só tenho que lhe agradecer… Agradecer por ter me acolhido, ter cuidado de mim a vida toda, me proporcionado momentos felizes e inesquecíveis, me dado uma família, um lar digno, essas lembranças levarei comigo aonde eu estiver!! Obrigado pela infinita paciência você me ensinou a ser um cão obediente e esperto…obrigada por ter perdoado tantas estripulias, tantas destruições, fiz tantas coisas erradas em seu tapete (era mais forte do que eu aquele cheiro me atraía muito), destruí tantos sapatos novos, arranhei tanto seu carro na tentativa de subir no banco, os passeios de carro eram meus prediletos, mas o que mais te incomodava era os buracos que fazia no seu quintal, cavando cavando… hh aquele cheiro da terra, eu me divertia enterrando meus brinquedos! Você para mim sempre foi a pessoa mais importante, colocava meu alimento, me escovava, me dava água sempre fresquinha e me dava muito carinho….Eu contava as horas todos os dias esperando você chegar do trabalho para te receber com muitas lambidas…algumas vezes você não tinha tempo para mim, mas sempre compreendi a pessoa ocupada e a vida corrida que tinha….

Tantos passeios pelas manhãs de domingo, e como eu te arrastava de tanta ansiedade para ver os cães na rua, as vezes arranjava confusão e você me salvava com uma varinha, você dizia que eu não tinha tamanho para enfrentar aqueles cães fortes e robustos!! E os banhos de esguicho que você me dava, ah eu amava a água fresca escorrendo no meu pelo, e a melhor parte era de chacoalhar, te molhava inteira, e você me dava bronca, só não gostava do xampu que ardia meu nariz e daquele perfume me fazia espirrar, espirrar….Você nunca me deixou faltar nada e cuidava de mim como um filho e uma pessoa da família!! Obrigada por tantos cuidados e preocupações, tantas idas ao veterinário, tudo bem que eu tinha medo daquele homem de branco e de cheiro estranho que todas vez me colocava naquela mesa fria, me dava agulhadas, fazia algumas coisas estranhas em mim, mas você sempre me dizia que era para o meu bem, então me sentia seguro…

Os anos se passaram, envelheci e hoje adoeci, sei que agora não tem volta e nem recuperação, sinto que estou partindo, minha respiração está fraca, minhas patas estão enfraquecidas, não consigo mais te enxergar como antes, só sinto que está por perto me acarinhando…infelizmente meu tempo de vida é muito mais curto que o seu e não poderei ser teu companheiro pela vida toda…O que mais me conforta é que depois de tantos anos de convivência transformei você em uma pessoa melhor, mais sensível e solidária. O mundo seria melhor se todas as pessoas tivessem um bichinho de estimação, descobririam o verdadeiro significado de amizade, fidelidade, pureza e seriam mais toleráveis!!

Muitas pessoas não compreendem nossa missão aqui na terra, que é de transformar vocês humanos em pessoas melhores, muita gente não enxerga que somos seres puros e inocentes e nos encara de forma errada!! E é apenas isso que somos seres puros, inocentes e cheios de amor para dar…muitas vezes vocês humanos nos transformam em seres agressivos, indóceis e amargos como muito de vocês!! Já eu só tenho a agradecer a vida digna e feliz que me destes e lhe peço que nunca deixe meu espaço vazio, se puder o preencha com outro ser como eu, não para me substituir, mas para continuar minha missão de tornar você cada vez melhor e especial!!”

<3

Autoria Dra. Mallize Gonçalves, Médica Veterinária, CRMV-SP 21.291

4 Responses to A Despedida de um Cão.

  1. Nadia disse:

    Lamento temos em casa seres maravilhosos como esse e que sem duvida nenhuma são pra nos fazerem seres melhore e mais felizes amo demais enfim sinto muito e espero que o meu dia de passar por isso esteja longe Bjs fiquem em paz snif snif

  2. anita trindade disse:

    É bem assim… que coisa maravilhosa…Tudo foi dito, nada a acrescentar. Deus nos abençoe.

  3. Suzy Mayre Vieira disse:

    Parabéns pelo belo, porém triste texto. Passamos por esta dolorosa perda em Março de 2016. Foi um momento extremamente difícil, pois nossa linda Bulldog Inglês com 8 anos e meio, deixo claro que ela não estava doente, simplesmente dormiu e pela manhã tinha partido. Foi uma semana de muito calor, moramos em Uberlândia-MG, os bulldogs sofrem muito no verão. Ficamos desesperadas, ligamos para o veterinário e nosso vizinho, e imediatamente ele a examinou, ela estava com a carinha tranquila e com a língua roxa, infartou. Foi horrível, nem tivemos tempo de dizer adeus àquela bela espécie da raça. Lamentamos e choramos até hoje, pois ainda sentimos muito a sua falta, bela JULIET. Nos deixou filha e netos. E a família vai crescer mais nesta semana. Sugiro a quem tem bulldogs que cuidem muito bem e curtam seus filhos, eles são sensacionais, as ruguinhas que parecem uma sanfona são deliciosas. Enfim,desejo a todos muita saúde, pois como bem disse a autora do texto: “… a convivência transformei você em uma pessoa melhor, mais sensível e solidária. O mundo seria melhor se todas as pessoas tivessem um bichinho de estimação, descobririam o verdadeiro significado de amizade, fidelidade, pureza e seriam mais toleráveis!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *