E o Homem Encontrou o Cão…

Apenas dois animais entraram no lar humano noutra qualidade que não a de prisioneiros, e foram domesticados por outros meios que não a servidão forçada: são eles o cão e o gato. Ambos partilham duas características, a saber, ambos pertencem à ordem dos carnívoros e ambos servem o homem na sua qualidade de caçadores. Em tudo o resto, e antes de mais na forma como se associam ao homem, eles são tão diferentes um do outro como a noite do dia. Não há animal domesticado que tenha alterado tão radicalmente todo o seu modo de vida, até mesmo toda a sua esfera de interesses, que se tenha tornado doméstico duma forma tão genuína como o cão; e não há animal que, no decurso da sua associação secular com o homem, tenha mudado tão pouco como o gato“.

O trecho acima faz parte da introdução do livro “Man Meets Dos” (E o Homem Encontrou o Cão; Editora Relógio D’água) escrito pelo Austríaco Konrad Lorenz, considerado o fundador da Etologia e Prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia (1973). Esta é uma excelente dica de leitura aos nossos internautas.

A obra é um fascinante trabalho desse grande comportamentalista animal, pois aborda diferentes e instigantes temas, desde o início da associação entre “homens” e “cães”, passando pela origem da fidelidade, cães e crianças, costumes caninos, adestramento, escolha de um cão, consciência animal, entre outros.

Muito embora tenha sido escrita na década de 50, onde o cão não recebia o mesmo enfoque que recebe nos dias atuais, a obra continua atual pois poucos autores abordaram com tanta sabedoria a essência do comportamento canino.

giba-criadorcolaborador

Gilberto Medeiros

Colaborador do Bullblog e Criador de Bulldogs desde 2003

Canil Reserva do Rei

3 Responses to E o Homem Encontrou o Cão…

  1. Danniel disse:

    Olá Gilberto, boa tarde!

    Veja se pode me ajudar. Tenho uma bulldog inglês com 1 ano e sei dos inúmeros problemas que a raça pode desenvolver e dentre eles, a dispalsia é uma das mais comuns. Este é um dos meus medos.

    Na quinta-feira passada eu a peguei no colo e ela sempre fica quietinha, mas derrepente deu um solavanco e se virou 180º. Nada demais.. a segurei e a coloquei no chão. Porém desde que isso aconteceu ela passou a mancar da pata traseira esquerda, mas não é sempre. O único momento que ela manca é quando fica sentada por algum tempo.

    Quando ela está conosco, passeando ou brincando, nada de mancar. O problema está quando ela se senta. Ela SEMPRE senta na perna esquerda. Assim que ela se levanta, manca da perna esquerda (que é a que ela estava sentada em cima) e depois de alguns passos volta a andar normalmente. Já dobrei e mechi pra todos os lado e ela não reclama de absolutamente nada!

    Acham que pode ser algo grave ou apenas dormência? Se for apenas dormência, pq começou após eu ter levado um susto com ela no meu colo e ter segurado ela de mal jeito?

    Abraço.

    • Dayane disse:

      Daniel, pelos sinais clinico que vc observou creio que o problema que seu animal possa ter seja uma luxação de patela em grau leve, onde ela tem um descolamento minimo da rotula e ao movimentar-se esta volta ao lugar.

  2. Danniel disse:

    Agradeço a ajuda, Dayane. Marquei ortopedista para ela amanhã, pois já está na hora de fazer o check up e as chapas entrarão no check up! Ela continua com os mesmo sintomas e espero encontrar a causa amanhã e sanar todos os desconfortos ou dores que ela possa estar sentindo!

    Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>