Com a palavra, a Criadora Andréa Sterque (Bulldog Urbano)

1 – PORQUE O BULLDOG E COMO TUDO COMEÇOU?

Bulldog é uma raça encantadora, há 11 anos atrás uma amiga minha comprou um bull de São Paulo. Na época nem existiam bulls em POA, foi uma dificuldade achar um exemplar. Foi quando compramos o Byron ( Filho do Sezermervander  L. Henry of Mervander) Não conhecíamos muito sobre a raça e tivemos sorte de comprar um exemplar de qualidade. Como ele ficava muito só durante o dia, compramos uma fêmea para lhe fazer cia….assim começou a família Bulldog Urbano!

2 – QUAL A ROTINA DO CANIL?

Acordar cedo , lavar os canis e os páteos e soltar os gordinhos para tomarem sol e brincarem o dia todo. Á tardinha um passeio diário com todos, mais uma descançadinha para depois comerem ração. Banhos, escovadas e limpeza de orelhas são semanais ou quando necessário.

3 – QUAIS AS RECOMENDAÇÕES PARA QUEM ESTÁ PENSANDO EM ADQUIRIR UM BULLDOG?

Acho que o primeiro passo é definir qual raça se adequa às suas necessidades. Se fica alguém em casa,  se mora em apartamento ou casa, se tem com quem deixar quando for viajar , se tem espaço para ele ( área com sol e sombra), se tem crianças ou idosos convivendo com o cão, etc. Todas as raças tem suas peculiaridades, não adianta querer muito um cão se não podemos lhe dar atenção e conforto. Isso faria o cão e o proprietário infelizes.

4 – QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS DICAS PARA AQUELES QUE JÁ SÃO PROPRIETÁRIOS?

Entender e respeitar as qualidades e limitações da raça; procurar um bom veterinário que os conheça bem; e amá-los muito!

 

5 – E PARA AQUELES QUE PENSAM EM COMEÇAR A CRIAR?

Conhecer profundamente o padrão da raça e adquirir cães de qualidade e em canis respeitáveis e sérios. Um bom começo define o caminho que seguirá este novo criador!

6 – QUAL O PERFIL DO PROPRIETÁRIO IDEAL?

O que sabe que ao se adotar um filhote, exige-se responsabilidade e respeito ao animal, pois ele será um novo membro na família.

7 – QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE O PLANTEL NACIONAL?

Está em franca ascensão, destacando-se hoje qualidade internacional em alguns canis que crescem com a consciencia de que criar bem é criar com qualidade.Como sempre e em todas as raças há excessões, mas acredito que hj são minoria em função de muita informação que hj existe para o novo proprietário não cair em golpes.

8 – AINDA SOMOS UM PAÍS IMPORTADOR DE BULLDOGS? SIM / NÃO E PORQUÊ?

Sim somos. Existem inúmeros canis em vários locais do mundo que estão à nossa frente com uma bagagem muito longa de experiencia e conhecimento. Importar cães seria uma forma humilde de reverenciar este potencial que já existe , e continuarmos sempre aprendendo e aprimorando a raça.

9 – QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE AS EXPOSIÇÕES NO BRASIL E A QUALIDADE DE NOSSOS ÁRBITROS?

Ainda existe muito folclore em torno da raça e de certa forma um desconhecimento sobre o verdadeiro padrão. Já me deparei com juízes que conhecem profundamente o padrão, e outros, não conhecem tanto assim. Isso gera descrença nas exposições no Brasil, mas penso que isso ainda irá mudar!

10 – QUAL A SUA MAIOR FELIDICADE COMO CRIADOR?

Colher bons frutos dentro da arte de criar,  fazer amigos que dividem conosco a mesma filosofia e conviver de perto com os bulls.

11 – QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE AS ALTERAÇÕES NO PADRÃO DA RAÇA?

Tudo o que promove saúde e bem estar em um cão é muito valorizado, mas sempre mantendo as suas características básicas. O bulldog é um cão atípico, com limitações que só a raça possui…isso dá à ele um charme especial, e faz a diferença diante de outras raças. Portanto, tudo o que é exagerado não é bem-vindo, porém, bom senso neste momento define o que é exagero ou não!

12 – O QUE NÃO PODE FALTAR NUM BULLDOG?

Uma bela cabeça e estrutura forte e robusta!!!
Agradeço a oportunidade de participar desta nobre iniciativa em prol da raça, e espero somar experiências junto à outros criadores!

www.bulldogurbano.com.br

3 Responses to Com a palavra, a Criadora Andréa Sterque (Bulldog Urbano)

  1. Naiana H. Perobelli disse:

    Andréa,

    Os seus bulls sempre me chamaram a atenção pelo porte e beleza. Fico feliz em poder conhecer um pouco mais sobre a família Bulldog Urbano.
    Parabéns e sucesso!

    Abraços

  2. Pascoal Leite de Albuquerque disse:

    Andréa, boa tarde. Acabei de conversar com a Olga Mélilo porque gostaria de comprar uma femeazinha de bulldog ingles mais branca do que marrom e massa bruta, ela recomendou você, se tiver alguma coisa que se encaixe nesse padrão por favor me avise. Grande abraço e parabéns pelos monstros rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>